O lago Baikal, no sul da Rússia, é o lago mais profundo do mundo. É uma profundidade estimada de 1.642 metros, e sua parte inferior é de aproximadamente 1.187 metros abaixo do nível do mar.

O Lago Baikal é também o maior lago de água doce do mundo em termos de volume.

É difícil compreender como um lago no meio da Ásia poderia ter um fundo que fica a quase 4.000 pés abaixo do nível do mar.

É impossível que a erosão corte um canal tão profundo no meio de um continente.

O lago Baikal é tão profundo porque está localizado em uma ativa zona continental de fenda.

A zona do rifte está aumentando a uma taxa de cerca de 2,5 centímetrospor ano. À medida que a fenda cresce, ela também se aprofunda com a subsidência.

Assim, o Lago Baikal poderia crescer mais e mais no futuro. Ele é bem mais fundo que o rio mais profundo do mundo, o rio congo.

As profundidades reais do lago variam

Lago mais profundo do mundo Lago Baikal

Vale a pena notar que as profundidades estimadas dos lagos são apenas isso – estimativas. Na verdade, são estimativas de profundidade que mudam com o tempo!

Pesquisando on-line, uma pessoa pode encontrar várias profundidades diferentes listadas para o mesmo lago. Por que é isso?

A profundidade registrada de um lago pode variar com o tempo, dependendo de múltiplos fatores.

O Lago Crater, por exemplo, não possui riachos ou rios que fluam para dentro ou para fora do lago.

O nível da água é relativamente constante porque, notavelmente, a quantidade de água que entra no lago (via chuva e queda de neve) geralmente é igual à quantidade de água que sai do lago (via evaporação e infiltração).

Como a profundidade do Lago Crater é diretamente influenciada pelo clima, é fácil imaginar como o nível da água cairia em um ano de seca, ou como o lago se tornaria mais profundo em um ano de precipitação recorde.

Essas idéias podem ser aplicadas a lagos alimentados e drenados por rios também.

Outro exemplo de como a profundidade de um lago pode mudar é com o Lago Baikal, que está localizado sobre uma fenda continental.

A fenda está ficando cada vez mais larga e mais profunda a cada ano, o que significa que o tamanho do lago também está mudando.

Além do nosso planeta mudar ao longo do tempo, os métodos de medição também mudam.

Em 1886, a profundidade do lago Crater foi estimada em 608 metros – medidos usando um fio de piano e peso de chumbo. Em 1959, a profundidade máxima foi relatada como sendo de 589 metros com medição por sonar.

E em julho de 2000, 594 metros foi a profundidade alcançada por uma pesquisa multifemada.

Três profundidades diferentes foram registradas em três pontos diferentes no tempo, com três diferentes métodos de medição.

Qual é correto? Todos podem ser precisos ou nenhum deles pode estar exatamente correto. Não há como saber com 100% de certeza.

É por isso que é importante ter em mente que essas estatísticas são simplesmente estimativas, e as medições reais estão constantemente mudando, muito ligeiramente, mesmo de um dia para o outro.

Gostou de conhecer qual o lago mais profundo do mundo? Conheça o canal Maiores do mundo no youtube e veja diversas curiosidades como essa.

Fonte: https://geology.com